INSCRIÇÃO DO FIES 2019 — Como se inscrever – (Passo a Passo)

O O Fundo de Financiamento Estudantil foi criado em 1999 pelo Ministério da Educação (MEC) para substituir o Programa de Crédito Educativo – PCE/CREDUC. O objetivo é financiar as mensalidades em cursos de graduação para estudantes que desejam realizar a inscrição do FIES 2019 e ingressar no ensino superior.

A intenção dessa iniciativa do governo é favorecer pessoas de baixa renda. Com prestações que não podem comprometer mais que 10% da renda família, o programa pratica taxas de juros e encargos abaixo do cobrado pelo mercado, e ainda permite aos estudantes pagarem as mensalidades financiadas após o término do curso.

O processo seletivo do FIES 2019 é realizado, geralmente, duas vezes ao ano, em fevereiro e julho, logo após as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni). Todo o procedimento de inscrição é feito pela internet, no site do programa. E caso queira se informar mais a respeito do programa, basta continuar acompanhando o artigo abaixo.

Como funciona o FIES 2019

O Fundo de Financiamento Estudantil pode ser utilizado por esses estudantes para pagamento de 25% do valor da mensalidade. Os bolsistas parciais do Prouni não participam dos processos seletivos regulares do Fies, sendo designados períodos específicos para concessão do financiamento.

Inscrição do FIES 2019

Até 2017, o FIES era dividido em duas faixas do programa:


FIES

  • Juros zero com correção da inflação;
  • Fonte de recurso: Tesouro Nacional;
  • Prestação máxima de dez% da renda familiar ;
  • Renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa.

P-FIES

  • Juros de acordo com o banco em que o financiamento for fechado;
  • Fonte de recurso: Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento;
  • Renda familiar mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.

A partir desse ano entra em vigor o Novo FIES 2019, que está dividido em três diferentes modalidades, possibilitando juros zero a quem mais precisa e uma escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.
Entenda:


Modalidade 1 – estudantes com renda de até três salários mínimos terão taxa de juros zero. E paga as prestações respeitando o seu limite de renda.


Modalidade 2 – destinada às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.


Modalidade 3  destinada a todas as regiões do Brasil com recursos do BNDES, também destinada para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos.


Quem pode fazer a Inscrição do Prouni 2019

Os requisitos para os estudantes que desejam participar da inscrição do FIES são bem simples:


  • Quem pode solicitar o Fies

01. Estudantes de todo o Brasil com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos;

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

02. Nota mínima de quatrocentos e cinqüenta pontos no ENEM;

03. Que não tenham tirado nota superior a zero na redação.


  • Quem não pode solicitar o FIES

01. Que não tenha sido pré-selecionado no processo conduzido pelo MEC;

02. Cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição;

03. Que já tenha sido beneficiado com financiamento do Fies — exceto o estudante financiado pelo programa que, mediante requerimento ao Agente Operador do Fundo, comprovar o não usufruto do financiamento e o encerramento antecipado do contrato;

04. Inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC) ou com o FIES;

05. Beneficiário de bolsa integral do Prouni;

06. Beneficiário de bolsa parcial do Prouni em curso ou IES distintos da inscrição no FIES;

07. Que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas inferior a quatrocentos e cinqüenta pontos e/ou nota na redação igual a zero;

08. Cuja renda familiar mensal bruta per capita seja superior a três salários mínimos.


Documentos Necessários

01. RG e CPF do titular e de todos os familiares;

02. Comprovante de residência atual no nome do estudante ou de membro do grupo familiar;

03. Caso more de aluguel, levar o contrato devidamente reconhecido em cartório e um comprovante de residência no nome;

04. Comprovante de renda.

Inscrição do FIES 2019

E se você deseja saber como funciona as inscrições Fies de maneira simples e fácil, saiba que está no tópico certo. Acompanhe o passo a passo abaixo que elaboramos com o intuito de facilitar ainda mais o processo.

Vamos lá:

Inscrição do FIES 2019


Passo 1: Acesse o SisFIES e informe os dados solicitados – sisfiesaluno.mec.gov.br.


Passo 2: Valide seu cadastro e retorne ao  SisFIES e faça sua inscrição.


Passo 3: Escolha o curso. Leia atentamente e lembre-se: você tem um prazo de dez dias para comparecer na universidade com a documentação necessária;


Passo 4: Assine o contrato e partir do terceiro dia útil após a validação da inscrição pela universidade, vá ao banco para contratação do financiamento.


Passo 5: Agora é só aguardar a análise de crédito feita pelo banco e em seguida a liberação do seu financiamento.


É possível migrar contratos antigos para o Novo FIES 2019. Entretanto as mudanças de regras ocorrerão somente após o momento de repactuação das condições, e não retroagirão para incidir sobre o saldo devedor.

Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre a inscrição do FIES 2019, deixe o seu comentário logo abaixo e aguarde a nossa resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *