Aditamento FIES 2020 – Simplificado e Não Simplificado. Como Fazer?

O FIES, ou Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, é uma forma de auxiliar os universitários que querem cursar uma universidade privada, mas não tem condições. O aditamento do FIES 2020 é a renovação do contrato que acontece semestralmente.

Basicamente, esse programa do governo oferece o financiamento do valor do curso. Dessa forma o estudante paga o financiamento já com o diploma em mãos. O aditamento é parte importante para quem faz uso do programa, podendo ser simplificado ou não simplificado. Para compreender melhor, prossiga com a leitura desse artigo:

Como funciona o FIES

Criado em 1999 pelo MEC (Ministério da Eduação), O FIES já ajudou milhares de estudantes a concluírem o sonho de cursar o ensino superior. A ideia é que o aluno faça a faculdade e só pague o financiamento após a conclusão. Assim o aluno já será um profissional qualificado e poderá pagar com os frutos do seu aprendizado, tal como determina o regulamento do programa. 

Até 2017 existia o período de carência. Mas a partir de 2018 assim que finaliza o curso, já começa o período de amortização, ou seja, o pagamento das parcelas.

Mas, esse artigo trará informações importantes para o aluno que está cursando ou vai começar uma faculdade através do FIES 2020. 

Após dada a entrada e começar a cursar, no começo de cada semestre o aluno passará pelo aditamento do FIES. Em resumo, é a renovação do contrato de financiamento. Essa etapa é feita para comprovar semestralmente que continua devidamente matriculado e cursando.

Aditamento FIES 2020

O aditamento do Novo FIES 2020 continuará valendo, afinal, é a forma usada para que o aluno comprove que ainda está matriculado naquela instituição. Esse termo (aditamento) significa “acrescentar” ou “incluir”. Ou seja, é acrescentado alguns documentos no contrato de financiamento.

Todos os alunos que estudam através desse programa governamental são obrigados a fazer o aditamento FIES 2020. Quem não fizer ou perder o prazo, perderá o financiamento estudantil obtido.

Os documentos necessários para realizar o aditamento FIES 2020 podem variar de acordo com o tipo, podendo ser simplificado ou não simplificado.

Simplificado

Como o próprio nome já diz, o aditamento simplificado é mais simples. Neste caso não há alterações no contrato do financiamento.

Quando o fiador não possui nenhum tipo de restrição e o estudante pagou as parcelas trimestrais, estipuladas em contrato, sem atraso, poderá efetuar o aditamento simplificado.

Essa renovação do contrato pode ser feita na própria faculdade ou universidade, desde que o aluno respeite o prazo estipulado pelo FIES.

Só será necessário levar um documento com foto, como RG ou CNH. O mesmo pode ser feito pela internet no site do SIS-FIES. 

Aditamento FIES

Não simplificado

Caso tenha algum problema no contrato, como uma restrição no nome do fiador ou uma parcela trimestral paga em atraso, o estudante precisará fazer o aditamento FIES 2020 não simplificado.

Como o próprio nome diz, esse tipo de aditamento será um tanto quanto trabalhoso, porém necessário.

Será preciso que o aluno vá até a agência do banco onde conseguiu o financiamento. Deverá ter em mãos uma série de documentos, tanto do estudante como do fiador. Veja a lista:

Documentos do estudante:

  • Documento de identificação original;
  • Comprovante de residência atualizado (original e cópia);
  • No caso de alteração do estado civil após a contratação ou do último aditamento, deverá levar certidão de casamento e documento do cônjuge (original e cópia);
  • No caso de obtenção do Prouni após a contratação ou do último aditamento, deverá levar o termo de concessão ou o termo mais recente de atualização do usufruto de bolsa parcial (original e cópia).

Documentos do fiador:

  • Documento de identificação (original);
  • CPF (original);
  • Se for casado(a) deverá levar certidão de casamento, CPF, documento de identificação do cônjuge (original e cópia);
  • Comprovante de residência (original e cópia);
  • Em caso de alteração de Comprovante de rendimentos (original e cópia), principalmente se a renda foi alterada ou se houve a substituição do fiador.

Prazo do aditamento do FIES 2020

Data Inscrição FIESO prazo do aditamento FIES 2020 já está definida, já que o MEC deixou estipulado o período que deverá acontecer.

No primeiro semestre, acontece entre os meses de dezembro e março. Iniciando-se em 01/12/2019 e acabando em 31/03/2020.

No segundo semestre acontece entre os meses de julho e agosto. Iniciando-se em 01/07/2020 e acabando em 31/08/2020.

Esses prazos são válidos tanto para aditamento simplificado como o não simplificado. A não realização acarretará no cancelamento do FIES.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 4

Aditamento FIES 2020 – Simplificado e Não Simplificado. Como Fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *